ONDE TEM SAÚDE, TEM 3ALBE.
TEL: +55 11 5519-4022 | FAX: +55 11 5511-5120 |
Você está em

Blog

Por que sua instituição ainda não está utilizando soluções de ácido peracético em pó?

Apesar do hipoclorito de sódio ainda ser utilizado e indicado em alguns artigos e estudos, é inegável que o uso do ácido peracético possui diversas vantagens em comparação.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on email
Soluções de ácido peracético em pó

Você sabe qual a diferença entre o hipoclorito de sódio e o ácido peracético? Apesar dessas substâncias muitas vezes serem utilizadas com a mesma finalidade na limpeza do ambiente hospitalar, elas possuem grandes diferenças entre si. Continue lendo para saber mais sobre cada uma delas e entender porque o ácido peracético em pó é a melhor escolha para realizar uma limpeza mais completa e segura!

Com o passar dos anos e a evolução tanto da ciência quanto dos tratamentos médicos, ficou claro que a higienização hospitalar é uma atividade essencial para garantir a segurança dos pacientes e profissionais da saúde e extremamente importante para que seja possível diminuir os números de infecção hospitalar, contribuindo imensamente com a minimização da disseminação de doenças no ambiente hospitalar e, por consequência, da mortalidade em decorrência de IRAS (Infecções Relacionadas à Assistência à Saúde).

Portanto, é necessário que a higienização hospitalar seja realizada com o máximo de rigor, afinal, uma pequena falha no processo pode levar à transferência de um microrganismo do ambiente para o paciente, colocando em risco a sua saúde.¹

Nesse contexto, muito se discute sobre as melhores soluções para realizar a limpeza de ambientes hospitalares, portanto, a seguir vamos falar sobre duas substâncias muito utilizadas: o hipoclorito de sódio e o ácido peracético, dois compostos que, apesar de poderem ser utilizados com a mesma finalidade, possuem características muito diferentes entre si. 

  • O Hipoclorito de Sódio

O hipoclorito de sódio a 1% é indicado para desinfecção de superfícies e materiais, devendo ser utilizado em diferentes concentrações e tempo de contato para eliminar bactérias, micobactérias, vírus, fungos, bacilos da tuberculose e alguns esporos (sendo que este último só pode ser eliminado com hipoclorito em alta concentração). ¹

Apesar da sua ampla eficácia frente diferentes microrganismos, o uso dessa solução é restrito, pois ela pode ser altamente corrosiva para mármore e diversos metais, incluindo alumínios, cobre, bronze, aço inoxidável e cromo). Isso significa que, com o passar do tempo, o hipoclorito irá danificar superfícies e materiais, diminuindo a vida útil desses em instituições médico-hospitalares, o que pode acabar causando um grande prejuízo a longo prazo. ¹

Mesmo tendo baixa toxicidade, o hipoclorito possui um odor forte, sendo irritante para as mucosas e, também, pode ter sua ação diminuída ou anulada caso entre em contato com matéria orgânica como sangue, pus, fezes e demais fluidos corporais. Ademais, a solução é pouco estável, podendo ser facilmente afetada por fatores como a presença de luz solar, por exemplo. ⁴

  • O Ácido Peracético

Por outro lado, quando falamos sobre o ácido peracético temos características bastante diferentes. Essa substância que tem sido muito utilizada em rotinas de limpeza em instituições médico-hospitalares em substituição ao hipoclorito de sódio é indicada para limpeza de superfícies e desinfecção de alto nível e esterilização de artigos críticos, semicríticos e não críticos. Sua fórmula geralmente inibe a corrosão, o que evita a deterioração de superfícies e artigos médico-hospitalares. ³

Com efeito bactericida, esporicida, fungicida e virucida, o ácido peracético promove a desnaturação proteica através da oxidação das ligações sulfidril e sulfúricas em proteínas e enzimas da parede celular dos microrganismos, sendo capaz de eliminar uma diversidade de agentes patógenos. ²

  • Mas afinal, por que o ácido peracético é melhor?

Apesar do hipoclorito de sódio ainda ser utilizado e indicado em alguns artigos e estudos, é inegável que o uso do ácido peracético possui diversas vantagens em comparação, dentre as quais podemos citar: ³

  • Alta estabilidade;
  • Não há necessidade de remover a substância após o uso;
  • Não há necessidade de analisar o teor do princípio ativo;
  • Alta eficácia contra esporos, bactérias e vírus sem precisar de grandes concentrações;
  • Boa compatibilidade com diversos materiais, incluindo mármore e metais;
  • Atividade microbicida mesmo em pequenas diluições;
  • Eficaz mesmo na presença de matéria orgânica;
  • Compatível com sabões e detergente;
  • Livre de aldeídos;
  • Tem baixa toxicidade;
  • Odor mais suave e não irritante;
  • Não deixa resíduos nas superfícies inanimadas;
  • Biodegradável e não poluente para o meio ambiente, tendo como produtos finais a água, o oxigênio e o ácido acético.

Sendo assim, tendo em vista todas essas vantagens, fica claro que além de altamente eficaz o ácido peracético também proporciona maior segurança tanto para os profissionais da saúde durante a execução do serviço, quanto para os pacientes atendidos pela instituição durante os cuidados com a saúde, e seu uso nas rotinas de limpeza no ambiente hospitalar pode trazer muito mais conforto e bem-estar para todos que ali circulam, contribuir com o controle da infecção e minimizar o risco das contaminações cruzadas! ³

Agora que você conhece todas as vantagens do ácido peracético, está na hora de conhecer excelentes soluções formuladas com essa substância! Na 3Albe temos um catálogo diversificado de produtos para limpeza hospitalar, onde você encontra fórmulas com ácido peracético que ajudarão a garantir mais segurança para o paciente e, também, para os profissionais de saúde que realizam a limpeza. Para saber mais sobre a relevância das soluções com ácido peracético entre em contato com o time de especialistas da 3Albe. Estamos prontos para te atender e entender quais são as necessidades da sua instituição.

Continue nos acompanhando para ter acesso a mais artigos como esse! Vamos compartilhar informações e aumentar o quanto for possível a qualidade dos serviços de saúde.

Referências:

EBSERH (Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares) – Procedimento Operacional Padrão – HIGIENIZAÇÃO HOSPITALAR¹

Eficácia de três substâncias desinfetantes na prática da radiologia odontológica²

EFICIÊNCIA DO ÁCIDO PERACÉTICO NO CONTROLE DE STAPHYLOCOCCUS AUREUS METICILINA RESISTENTE³

Fundação Casa – Centro de Atendimento Socioeducativo ao Adolescente – MANUAL DE HIGIENE, LIMPEZA, DESINFECÇÃO E ESTERILIZAÇÃO ⁴


Acesse o Enfoque Saúde
Nos siga nas redes sociais FacebookLinkedIn, Instagram e YouTube!

Avenida Jacobus Baldi, 745 | Complemento 707-711 Jd. Fim de Semana – São Paulo -SP
CEP: 05847-000

Horário de Atendimento:
de segunda a quinta-feira, das 08h às 18h,
e sexta-feira, das 08 às 17h.
INSCREVA-SE E FIQUE POR DENTRO DAS ÚLTIMAS NOVIDADES
SELO-BOAS-PRATICAS_3ALBE_TI_VERDE
© 2020 COMERCIAL 3ALBE LTDA. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.

Start typing and press Enter to search

Shopping Cart

Nenhum produto no carrinho.